GoodReader: leitor de PDF para iPad e iPhone ganha sincronização via Dropbox

Pensando bem, é sacanagem chamar o GoodReader simplesmente de "leitor de PDF" - a função principal dele é essa, mas ele também gerencia arquivos, edita TXTs, e exibe (com algumas limitações) documentos do MS Office e do iWorks.

É o meu leitor favorito de PDF no iPad, servindo para acompanhar a versão digital de revistas, ler manuais variados, e até para acompanhar walkthroughs de jogos enquanto aceito algum desafio no PS3 e, eventualmente, para acompanhar alguma receita nova perto do fogão. Eu uso só a versão para iPad, mas existe também uma versão para iPhone.

Lendo PDF, 2 páginas por vez, no iPad
 

Até a versão que tenho instalada no iPad, o modelo de negócios no estilo "jardim murado" do iOS me atrapalhava bastante para transportar os arquivos PDF para o GoodReader: se o documento não estivesse na web, precisava colocá-los no computador em que faço a sincronização com o iPad, conectar o iPad ao iTunes via cabo, e aí arrastar os documentos para o diálogo abaixo, escondido na fachada barroca do iTunes - bem longe de poder ser descrito como um processo simples ou conveniente.

Mas a chegada da versão 3.3 (já disponível para iPad, e aguardando a liberação da Apple para o iPhone) mudou tudo isso: agora o GoodReader pode sincronizar-se via Internet com os arquivos ou pastas do seu Dropbox que você indicar - ou seja: qualquer micro ou aparelho rodando o Dropbox pode servir para transferir documentos para ler no iPad e iPhone.

E o Dropbox nem é o único meio para isso: quem prefere o iDisk ou o SugarSync também está contemplado, e quem não quer nenhum desses também pode usar qualquer implementação de FTP ou WebDAV.

O GoodReader, que já esteve no topo da lista das apps mais populares do iPad na loja do iTunes dos EUA e em vários outros países, certamente ganhará mais vários pontos com essa novidade. Parabéns aos desenvolvedores!

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: