Apps iPad: as 50 melhores, renovadas

Quem experimenta um iPad ou iPad 2 logo se encanta com a experiência e percebe que o que faz a diferença não é só o aparelho em si: o segredo do sucesso do iPad é a coleção de apps.

A conclusão óbvia, dado o preço relativamente baixo das apps e a disponibilidade gratuita de várias delas, é tentar descobrir logo quais são as melhores apps do iPad, e fazer o download delas.

Claro que analisar uma lista das apps indispensáveis para iOS sempre será subjetivo: já vi algumas listas que, francamente, me desagradaram de A a Z. Mas não é o caso da lista do Gizmodo: eu tendo a concordar com a maioria dos itens dela, e é por isso que a recomendo aos recém-chegados, e agora anuncio a sua nova versão revisada, no link: The Best iPad Apps.

A nova versão da lista do Gizmodo trouxe 14 aplicaticos que não constaram na edição anterior, incluindo o Friendly (para Facebook), Photosync, iMovie, Zite e Penultimate.

Vale a pena conferir, e mesmo comparar com a versão anterior, que mencionamos no post “Apps essenciais para iPad

Como de costume, selecionei algumas amostras (com links!) do que você encontra na lista, com base em 2 critérios:

  • Apps que considero úteis ou divertidas
  • Apps que servem para mostrar na prática o potencial do iPad

Vamos à amostra!

Apps iPad: as indispensáveis

  1. Dropbox: Acesso aos seus arquivos compartilhados do computador (ou do celular), via Internet, com opção de visualizar os formatos de documentos mais comuns sem sair do aplicativo. Bônus: facilidade para compartilhar com o seu computador, via Internet, as fotos e vídeos do iPad.
  2.  

  3. Flipboard: é o segundo aplicativo que mais uso no meu iPad, conforme detalhei em um post específico. Este serviço gratuito monta uma revista personalizada, a partir dos links e fotos que seus contatos tiverem postado no Twitter e Facebook, e de outros sites à sua escolha. E eu tenho amigos que postam links para matérias interessantes todos os dias ;-)
  4. Twitter e Friendly: a app oficial do Twitter para iPad, e uma app do Facebook para o iPad que, se não é oficial, merece ser!
  5.  

  6. GarageBand: gravação em 8 trilhas, mais de 250 loops pré-definidos e prontos para usar, cheio de instrumentos virtuais para você tocar (tem até uma bateria na tela), e dá de plugar a sua guitarra (a de verdade!) no iPad e usá-lo como amplificador com efeitos e gravação.
  7. Instapaper: coleciona e formata para leitura posterior no iPad (mesmo offline) as páginas da web que marcamos (no computador) para “ler mais tarde”.
  8. Kindle: é, sem dúvida, a app que mais rodo no meu iPad. E minha biblioteca de e-books é eclética: terminei recentemente de ler a autobiografia do Keith Richards (guitarrista dos Rolling Stones, se precisa de apresentação), e agora estou terminando um tutorial sobre AppleScript que gostei bastante. E o melhor é que dá de ler no Kindle do computador e no do iPhone também – ele sempre sabe em que página eu parei nos outros dispositivos.
  9. Reeder: um jeito inteligente de acompanhar seus feeds RSS no iPad.
  10. Google Earth: um velho conhecido no computador, o Earth no iPad serve como a demonstração perfeita dos controles touch: navegar nos mapas, ampliá-los e interagir com eles fica bem mais divertido!
  11.  

  12. SimpleNote e Penultimate: 2 aplicativos de anotações que dão um banho no que vem incluído no iPad: o primeiro é um bloco de notas tradicional, via teclado virtual, mas dá um show de sincronização (com o iPhone, com o computador, com a web), enquanto o segundo faz algo diferente: aproveita a tela grande e a sensibilidade touch para permitir anotações e diagramas a mão livre, ideais para anotar aulas ou reuniões.
  13. Atomic Web Browser: o navegador default Safari é bom, mas o Atomic faz um pouco mais, incluindo abas facilmente selecionáveis por gestos multitoque, bloqueio de banners, downloads facilitados (inclusive para o Dropbox), troca de identificação do navegador (pode até “fingir” ser o IE, quando o site resolve ser preconceituoso).

Tem várias outras apps lá no “The Best iPad Apps”, só reproduzi 20% da lista (bem escolhidos!). Não visite outra lista antes de esgotar esta: boa parte das apps que justificam a fama da App Store entre seus fãs estão nela, prontinhas para seu download e instalação no iPad.

Leia também:

 

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: