Atari's Greatest Hits para iPhone e iPad: game over (não recomendo!)

Minha infância foi nos anos 1980, e provavelmente passei bem mais horas brincando com o Atari 2600 (ou, no meu caso, com o clone nacional Dactar II, da Milmar) do que estudando pra provas da escola.

Assim, deixei a emoção à frente da razão e me permiti ter grande expectativa quando anteontem surgiu a notícia de que a app Atari's Greatest Hits, com emuladores e acesso a 100 jogos clássicos da Atari, tinha sido inserida na App Store da Nova Zelândia, e ao longo das próximas 24 horas começaria a aparecer no restante do mundo.

Não pensei mais no assunto até o final da tarde de ontem, quando fui verificar se a app já estava disponível na App Store da Argentina e fiz o meu download - que aliás é gratuito, mas só vem com o jogo Pong - para ter acesso aos demais 99 títulos, você vai comprando dentro da própria app.

Mas na hora de jogar, a ficha caiu - num sentido quase literal.

Quantos jogos clássicos do Atari 2600 marcaram sua memória?

Para mim os "anos Atari" foram marcados por um número bem pequeno de jogos: Enduro, River Raid, Pac Man, Pitfall, Joust, Megamania, todos conhecidos pouco antes do declínio no Brasil, quando as únicas novidades disponíveis para a plataforma passaram a ser coletâneas na forma de cartuchos duplos, quádruplos, óctuplos e assim por diante.

E sabe o que eles têm em comum? Nenhum deles está na lista dos 100 jogos que fazem parte do Atari's Greatest Hits.

E isso acontece por uma razão muito simples, e que eu já sabia (então nem devia ter tido a expectativa): a maior parte deles é da Activision, e não da Atari. Há exceções, como o Pac Man, que foi produzido pela Atari, mas sob licença da Namco.

Assim, a lista de 100 jogos talvez sirva bem a alguns nostálgicos, ou pela diversão adicional de poder jogar em modo bluetooth contra outro portador de iPhone nas proximidades, ou ainda pro pessoal alguns anos mais experiente e que tem a nostalgia dos jogos da primeira geração desta plataforma, e não dos que saíram nos seus "anos dourados".

Mas a lista de 100 jogos também possui alguns nomes conhecidos, como Centipede, Yar's Revenge, Haunted House e Missile Command, além de vários títulos que a Atari levou originalmente aos fliperamas.

Jogá-los com os controles mapeados na tela sensível ao toque também não é exatamente o nível ideal de interatividade ("Controles para jogos no iPhone: salvem-nos dos joysticks virtuais"), portanto avalie com critério suas oportunidades. No iPad foi ligeiramente mais usável que no iPhone, mas passa bem longe da jogabilidade original - quem sabe quando lançarem o iCade isso melhora?

Para mim, a brincadeira deixou de ter graça após relembrar um pouco do Lunar Lander dos fliperamas da minha infância, e passar alguns minutos jogando Video Pinball (que eu mencionei recentemente no post sobre o Pinball HD), e espero que alguém me acorde quando sair para o iOS uma coletânea dos jogos clássicos da Activision ;-)

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: