Como assistir no PS3 aos vídeos que estão no seu Mac

Transmitir vídeos do seu Mac para a TV da sala pode ser relativamente fácil se você tiver um videogame Playstation 3 conectado a ela e tanto ele quanto seu Mac estiverem em uma mesma rede.

Atualização: o leitor Marcos Túlio confirma que as dicas a seguir também servem para assistir no XBox aos vídeos do Mac.

O PS3 (e vários equipamentos similares, de mais de 250 empresas, incluindo algumas TVs e aparelhos de DVD e Blu-Ray) tem suporte ao padrão DLNA, estabelecido em 2003 para facilitar o compartilhamento doméstico de vídeos, músicas e fotos.

Isso significa que ele pode atuar como cliente de um servidor de mídia que também adote o padrão DLNA, e assim navegar nas coleções de vídeos, áudios e fotos armazenados neste servidor - como no diagrama abaixo (que mostra um aparelho de som completamente opcional), disponibilizado na documentação do PS3:

E o seu Mac, naturalmente, pode ser um ótimo servidor DLNA, compartilhando (via streaming) com o PS3 conectado à TV da sala a coleção de vídeos e músicas do seu iTunes, as fotos do iPhoto, ou mesmo os arquivos multimídia que você tiver simplesmente guardado em alguma pasta.

Quando o PS3 se conecta a um servidor DLNA, você passa a poder navegar pelas pastas (ou pastas virtuais) com os conteúdos multimídia disponíveis nele. Ao selecionar um conteúdo e mandar executá-lo, o servidor não envia o arquivo: ele o converte (quando necessário) a um formato compatível com a operação, e o transmite via streaming para o PS3.

Trocando em miúdos, com o uso de um media server DLNA, você conseguirá acessar até mesmo aqueles vídeos em formatos modernos e não suportados nativamente pelo PlayStation 3 quando você tenta tocá-los via pen drive ou HD externo, como o MKV - a conversão é feita automaticamente, no servidor, no momento da exibição.

Uma alternativa open source

O PS3 Media Server é um velho conhecido meu, pois já o rodei para transformar netbooks com Linux em servidores de mídia DLNA, com bastante sucesso, há anos.

Este aplicativo em Java também tem versão para Mac, e inclui recursos interessantes, como a transcodificação "ao vivo" de formatos de vídeo que o PS3 não receba diretamente, suporte a múltiplos formatos de entrada, navegação no conteúdo de arquivos ZIP e RAR, integração com o VLC para poder exibir conteúdos de Internet TV e web radios, e mais.

Há um guia de instalação disponível para quem precisar.

Uma alternativa comercial

Assim como o PS3 Media Server, o MediaLink também está há um bom tempo na estrada, e se instala como um painel adicional nas preferências do seu Mac.

Este programa distribuído pela NullRiver tem diversas capacidades interessantes, tais como:

  • Suporte nativo aos conteúdos sem DRM do iTunes (músicas, playlists, vídeos, podcasts...) e do iPhoto.
  • Suporte nativo a arquivos de vídeo, música e fotos armazenados em pastas do seu Mac.
  • HD: streaming em alta definição de vídeo e fotos.
  • Transcodificação "ao vivo" quando o formato não é suportado pelo PS3.
  • Suporte aos seguintes formatos: MPEG1, MPEG2, MPEG4, H.264, DIVX, XVID, AVI, WMV, ASF, MOV, MKV, FLV, MP3, AAC, WMA, WAV, JPEG, PNG, GIF, TIFF, BMP, RAW, PDF, PS, EPS e TGA.

Mas há diferenças maiores entre os 2, incluindo o fato de o MediaLink ser um programa proprietário que custa (na data deste post) US$ 19,99 na Mac App Store.

Como fica no PlayStation 3

Depois que você instala um software de media server DLNA no seu computador e ele encontra o seu PS3, o conteúdo do servidor passa a ficar visível nos ícones de vídeo, áudio e fotos da sua barra de controle do PS3 (ou XrossMediaBar, como prefere a Sony).

A operação é suficientemente similar a de qualquer disco ou outra fonte de conteúdo local, a ponto de não precisar de maiores explicações: você escolhe o seu servidor no menu, e aí navega pelo seu conteúdo até escolher o que quer ver (ou ouvir).

Só que, como acontece com qualquer protocolo suficientemente aberto e popular, o PS3 Media Server e o MediaLink estão longe de ser as únicas alternativas disponíveis para esta funcionalidade no Mac.

Pergunto, portanto, aos bem informados leitores do BR-Mac: que aplicativos vocês usam para esta função no Mac, e quais os diferenciais deles? Fiquem à vontade para responder nos comentários!

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: