Downloads para Mac: 10 ferramentas essenciais

Se você é recém-chegado e está se adaptando ao Mac, ou se já usa há algum tempo mas ainda sente falta de ferramentas para realizar operações com as quais tem familiaridade em outros sistemas, uma lista dos downloads essenciais pode ser importante para atingir a velocidade de cruzeiro e aprender o "jeito Mac" de fazer as coisas.

Esta é a segunda edição da lista de aplicativos essenciais para Mac do BR-Mac - a primeira saiu em maio, e pretendo mantê-la atualizada com novas edições periódicas no futuro.

Todos os aplicativos em destaque na lista a seguir podem ser obtidos gratuitamente, vários deles são open source, e recomendo que você instale sempre a versão mais recente, buscada no site oficial - é mais seguro e costuma levar a melhores resultados!

Downloads essenciais para Mac

Descompactar arquivos: The Unarchiver. Descompacta vários formatos comuns de arquivos que você encontra na Internet ou recebe de usuários de outros sistemas operacionais - e alguns incomuns também (incluindo RAR, Lha, 7-zip,zip, gzip, bzip2 e mais). Gratuito na Mac App Store.

Editar textos: TextWrangler. Um editor de texto puro com características avançadas. Este programa gratuito é o que eu uso para editar os textos do BR-Mac, e quase tudo o mais que eu escrevo - veja mais detalhes em TextWrangler: o melhor editor de textos do meu Mac. Para uma alternativa com melhor suporte a anotações e referências, veja o nvAlt, prestando atenção à interface espartana e ao seu suporte a formatação baseada em Markdown.
 

MSN, Gtalk, IRC, ...: Adium. MSN para Mac. E Google Talk. E IRC. E ICQ. E as funções básicas de vários outros serviços de comunicação on-line, todos em uma mesma interface, para você manter seus contatos. Gratuito.
 

Documentos, planilhas e apresentações: LibreOffice: dissidência do OpenOffice, à qual o grupo brasileiro que mantinha o BrOffice aderiu, e cujo nome absorveu. Para textos, planilhas, apresentações e mais. O LibreOffice está disponível gratuitamente; alternativas comerciais comuns são o Microsoft Office for Mac e o pacote iWork, da Apple.
 

Gravar DVDs: Burn. Criar e copiar DVDs de vídeo e de dados, incluindo funções que não vêm disponíveis nativamente no OS X, e opções mais intuitivas e práticas para as que vêm. Disponível gratuitamente.
 

Assistir e converter vídeos: VLC et al. É o canivete suiço dos formatos multimídia. Serve para assistir vídeos no Mac, exibindo (e convertendo) formatos multimídia que o Mac nem sonha em suportar nativamente. O VLC está disponível gratuitamente. Veja também: MPlayerX, Handbrake, Adapter, Perian e o artigo anterior Aplicativos para Mac: Multimídia open source.
 

Transferir arquivos: Cyberduck e Transmission. O primeiro é muito útil para enviar os seus arquivos para servidores FTP (e SFTP, WebDAV e mais), enquanto o segundo permite receber e compartilhar arquivos via BitTorrent. Disponíveis gratuitamente.
 

Armazenamento e sincronização: Dropbox. Para armazenar, compartilhar e sincronizar arquivos via Internet - inclusive entre seus computadores com outros sistemas operacionais, com o iPad e mais. Gratuito.
 

Notificações de aplicativos: Growl. Notificações na tela de forma inteligente, altamente configurável mas com uma boa seleção default. Suportado por uma infinidade de aplicativos para Mac, que identificarão a presença do Growl e permitirão que você configure notificações para os eventos deles também. Disponível gratuitamente.
 

Seu navegador preferido. O Safari é bom, mas se você chegou ao Mac já acostumado ao Firefox, Chrome ou Opera, instale-os gratuitamentee aproveite a familiaridade com a interface deles!
 

O kit que já vem com seu Mac

Não esqueça dele! A interface e a estrutura às vezes causam dificuldade de adaptação no começo, mas pode fazer bastante diferença aprender logo a manipular imagens (recortar, rotacionar, reduzir, etc. - dá até para anotar em PDFs!) no Pré-Visualização (ou Preview), cuidar dos backups com o Time Machine, gerenciar sua coleção de fotos no iPhoto, anotar os compromissos no iCal e os contatos na Agenda, etc. - e a buscar opções adicionais (inclusive as gratuitas!) na Mac App Store.

Claro que a lista acima não esgota as suas demandas, mas confio que ela poderá colocar você em condições de começar a ganhar desempenho, e passar a concentrar suas energias em entender as diferenças conceituais entre o Mac e o seu sistema anterior, e não em apenas descobrir como manter a continuidade do que já fazia.

Sugestões de aplicativos grátis adicionais que realizem no Mac tarefas comuns presentes também em outros sistemas serão muito bem-vindas nos comentários!

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: