Como compartilhar suas músicas do iTunes em casa e na Internet

A iminente chegada dos serviços musicais do iCloud (incluindo o Music Match, que não sabemos quando será lançado por aqui), bem como a existência de serviços de streaming de música cada vez mais caprichados, podem ter feito muito para reduzir a demanda pelo compartilhamento da sua biblioteca musical do iTunes.

Mas os cenários em que este tipo de configuração permanece útil ainda persistem. Por exemplo, você pode desejar:

  • Compartilhar a biblioteca de músicas de um Mac com outros da casa
  • Ter só uma pequena parte da sua coleção de músicas sincronizada com o iPhone ou iPad, mas permanecer capaz de ouvir as outras na rua via streaming
  • Montar um media server propriamente dito

entre outras.

Configurar o compartilhamento do iTunes em uma rede local pode ser bem simples, envolvendo ativar uma opção de menu e autorizar os vários computadores com iTunes (bem como iPhones e iPads) a acessar seu compartilhamento quando estiverem na mesma rede local.

Mas a minha proposta de projeto de final de semana vai além deste mero compartilhamento. O artigo How to Set Up an iTunes Home Server, da revista norte-americana MacLife, oferece um roteiro bem mais amplo, incluindo os seguintes passos:

  • Configurar o Mac que será o servidor, em detalhes que envolvem seu desempenho, consumo de energia, e o cuidado de garantir que o iTunes esteja sempre sincronizado e em execução nele. Ele sugere que este Mac fique sempre ligado, mas eu sugiro que você considere fazer bom uso dos recursos de agendamento do horário de ligar e desligar automaticamente, do tempo para repouso automático e da opção de despertar automaticamente quando receber uma requisição via rede, todos disponíveis nas Preferências do Sistema.
     

  • Ativar o compartilhamento familiar: Este é o passo básico e fácil, realizado no menu "Avançado" do iTunes.
     

  • Ativar o acesso SSH/SFTP: Este passo é necessário para ativar o streaming de músicas para o seu iPhone ou iPad via Internet na forma descrita no artigo, sem envolver apps dedicadas para oferecer a transmissão. Ativar o SSH/SFTP em si é simples (é nas Preferências de Compartilhamento, opção "Início de Sessão Remoto", mas geralmente é necessário também realizar uma configuração no roteador, detalhada nas referências do texto.
     

  • Conectar-se via compartilhamento familiar: quando o segundo passo acima estiver completo, já é possível acessar a sua biblioteca compartilhada, tanto a partir de outros computadores com iTunes, quanto a partir do iPhone e iPad. Vale relembrar que esta modalidade de conexão foi projetada para funcionar apenas entre aparelhos que estejam conectados a uma mesma rede, entretanto.
     

  • Conectar-se por streaming via Internet: há várias maneiras de fazer isto, mas o artigo explica como fazer por meio do aplicativo Files Connect no iPhone ou iPad. Ele é meio limitado em recursos, mas tem a vantagem de não precisar de nada além de acessar seu Mac por meio do acesso SSH/SFTP nativo, que você configurou no terceiro passo acima.

 

Nada mal para um projeto de fim de semana, hein? Veja os detalhes no artigo da MacLife e depois conte para nós os resultados! E também confio que vários leitores compartilharão conosco as apps e outras soluções que usam para compartilhar sua biblioteca do iTunes localmente ou via Internet ツ

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: