Steve Jobs, 1955 - 2011

Faleceu hoje Steve Jobs, co-fundador da Apple e o arquiteto da sua forma atual, com produtos como o iPhone, iPad, MacBook Air e o icônico iPod.

Jobs teve passagens memoráveis por outras áreas - como a estruturação do estúdio de animações Pixar na forma como hoje o conhecemos e a criação do sistema operacional NeXTSTEP, firmemente construído sobre bases em código aberto.

Assim como o NeXTSTEP acabou sendo a base para o Mac OS X, quando Jobs retornou à Apple no final do século XX, todas as ações e ideias de Jobs são percebidas como relacionadas à companhia que ajudou a fundar, em uma garagem, em 1976.

Steve Jobs lutou uma longa batalha contra um câncer no pâncreas diagnosticado em 2004 e que acabou conduzindo ao seu afastamento definitivo da direção executiva da Apple no final de agosto.

Em memória de Jobs, uma citação de um discurso, dirigido aos alunos da universidade de Stanford, proferido por Steve Jobs em 2005:

No one wants to die. Even people who want to go to heaven don't want to die to get there. And yet death is the destination we all share. No one has ever escaped it. And that is as it should be, because Death is very likely the single best invention of Life. It is Life's change agent. It clears out the old to make way for the new. Right now the new is you, but someday not too long from now, you will gradually become the old and be cleared away. Sorry to be so dramatic, but it is quite true.

Em tradução livre: "Ninguém quer morrer. Mesmo quem quer ir para o céu não quer morrer antes de chegar lá. Mesmo assim a morte é o destino que todos compartilhamos. Ninguém jamais escapou dela. E é assim que deve ser, porque a Morte é provavelmente a melhor invenção da Vida. Ela é o agente de mudanças da Vida. Ela limpa o velho para abrir caminho para o novo. Agora o novo é você, mas algum dia não muito distante, você gradualmente se tornará velho e será removido. Desculpem por ser tão dramático, mas é bem verdade."

Descanse em paz, Steve. Você disse que as pessoas precisam morrer para dar espaço ao que é novo, mas sabemos que ainda faltava um bom tempo para chegar a sua vez nessa fila. Por aqui estamos de luto, sabendo que certamente a sua memória viverá - e não apenas nos produtos e inovações que chegaram a nós por meio de suas mãos e de sua direção.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: