WPInstaller: automatizando a instalação do WordPress local no Mac

o Pedro Costa Neves (@persocon) escreveu para avisar sobre a nova versão do seu utilitário WPInstaller, que resolve uma demanda profissional dele e que pode ser compartilhada por outros profissionais do design web que trabalham bastante com o WordPress e adotem um fluxo de trabalho similar ao dele, com uma instância do WordPress para cada novo projeto: a instalação expressa de uma nova versão deste popular CMS em um diretório local do Mac, para servir de base para as configurações que ele faz profissionalmente, em especial o desenvolvimento de temas.

Como não é difícil rodar o WordPress localmente para testes em um Mac (já que o suporte aos requisitos do CMS está disponível, incluindo servidor web, PHP e MySQL), depois que o ambiente está montado, a tarefa de baixar e instalar constantemente a versão mais recente do WordPress para iniciar novos projetos e estudos é repetitiva, e o Pedro encontrou uma oportunidade de automatizá-la.

O autor descreve a funcionalidade do WPInstaller assim:

"Ele faz a coisa mais simples e chata do universo, baixar a ultima versão estável do WordPress no idioma escolhido ou em Inglês (opção default) na pasta de destino e descompactar. Pense só quanto tempo a gente que desenvolve perde fazendo isso? Entrar no site do Wordpress, clicar em baixar, ir até a pasta onde foi baixado, descompactar, organizar. Só aí já perdemos pelo menos uns 10 minutos dependendo da conexão :)

"Como desenvolvedor para WordPress há cerca de 6 anos percebi essa necessidade de cortar tempo e partir logo pra parte divertida do WordPress que é o desenvolvimento de Themes. E aqui não é casa de ferreiro :D eu uso meu aplicativo e uso bastante! todos os sites que estou fazendo no momento foram instalados com WPInstaller, mesmo que local a instalação, ganhei muito mais tempo pra desenvolver."

O WPInstaller é grátis, e um link para doações via PayPal está disponível caso alguém queira retribuir. Desde já sugiro uma funcionalidade adicional para a versão 2.0: ao final da ativação criar um arquivo de configuração wp-config.php a partir de dados armazenados previamente nas preferências do WPInstaller (criando as tabelas no MySQL se necessário), para deixar a nova instância do WordPress plenamente funcional.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: