Xee: um visualizador de imagens e editor simples para o Mac

O Xee é um aplicativo que resolve bem os casos mais comuns de uma tarefa frequente para quem trabalha com conteúdo ou tem coleções de imagens ou fotos no disco: visualiza com categoria as imagens das suas pastas, e oferece os recursos de edição mais essenciais (rotacionar, espelhar e recortar).

O OS X vem acompanhado do Preview (ou Pré-Visualização), que também faz isso e muito mais. Mas para a visualização nossa de cada dia, o Xee oferece alguns diferenciais interessantes, tais como:

  • Abertura mais rápida
  • Botões e atalhos para navegação entre as fotos da mesma pasta (próxima, anterior, última, primeira)
  • Presença da opção "Salvar como", e ausência do novo comportamento do Preview (e do Lion) de salvar automaticamente todas as alterações efetuadas.
  • Facilidade para navegar em imagens que estão dentro de arquivos compactados (Zip, RAR, etc., incluindo CBR e CBZ, pra turma das histórias em quadrinhos).
  • etc.

Ele não vai muito além disso (e das operações com clipboard, rotacionamentos, espelhamentos e recortes), mas mesmo assim eu já o defini como a ferramenta padrão para abrir imagens JPG, PNG e GIF no meu desktop, porque dos casos mais comuns ele cuida muito bem (e para os demais, é só abrir com o Preview ou o Gimp ou a ferramenta preferida de cada um).

Eu já conhecia o Xee há mais tempo, mas a minha atenção foi chamada para ele recentemente por este post do The Verge pedindo indicações de alternativas ao Preview, cuja versão no OS X Lion desagradou o autor (e a outras pessoas), que sentem saudade de como ele era rápido e descomplicado quando ainda não servia de vitrine para os novos recursos de gerenciamento de estado e de controle de versão de documentos do Lion.

O Xee é open source e é compatível com o OS X 10.4 em diante, incluindo o Lion. E se a próxima versão 3.0 incluir as funções de resize de imagens como comentado pelo autor, provavelmente ele passará a ser responsável por mais de 90% do meu uso de ferramentas do gênero ツ

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: