Números do iOS no Brasil: desenvolvedor revela versões e dispositivos mais populares

O app iDivulga, gratuito e com uma utilidade que era de interesse amplo, foi instalado por dezenas de milhares de brasileiros, e seu desenvolvedor compartilha as estatísticas que coletou.

O artigo a seguir é de autoria do desenvolvedor Paulo Sérgio S. Silva, criador do iDivulga, ao qual agradecemos por disponibilizar informações específicas sobre uma amostra interessante dos usuários nacionais de iPads, iPhones e iPods Touch, acompanhadas de alguma análise própria e permitindo que cada interessado interprete e chegue às suas conclusões.

Um Raio-X do Mercado de Dispositivos iOS no Brasil

por Paulo Sérgio S. Silva (idivulga2012@gmail.com)

Quando estávamos desenvolvendo o aplicativo iDivulga Eleições 2012, sabíamos do potencial interesse que o aplicativo teria juntamente aos usuários de dispositivos iOS, considerando que a proposta do app seria bem interessante e também o fato dele ser gratuito.

Como muitos usuários instalariam o aplicativo para acompanhar a apuração das eleições, pensamos em aproveitar a oportunidade para coletar estatísticas dos modelos de dispositivos sendo utilizados bem como a versão do iOS instalada nesses dispositivos.

Com isso, poderíamos ter nosso raio-x do mercado brasileiro de iPhones, iPads e iPods Touch, bem próximo do real, com dados que raramente são tornados públicos.

E decidimos fazer isso de forma gratuita. Assim, desenvolvedores, usuários e analistas de mercado poderão se beneficiar dessas informações.

Durante o período que antecedeu o primeiro turno das eleições até mais ou menos uma semana após, o aplicativo foi instalado em cerca de 90 mil dispositivos iOS. A grandíssima maioria dos usuários baixou o aplicativo na App Store brasileira, de forma que os eventuais usuários que instalaram o iDivulga em outros países compreendem um percentual muito pequeno do total, o que não vem a comprometer a análise dos dados, a seguir apresentada.

Tipos e Modelos de Dispositivos iOS

No gráfico abaixo temos os percentuais de instalações totais por tipo de dispositivo, isto é, por iPhones, iPads e iPods Touch, desconsiderando o modelo do dispositivo e a versão do iOS.

Observa-se claramente que mais de dois terços dos dispositivos iOS no Brasil pesquisados são iPhones, seguidos pelos iPads, com um pouco mais de um quarto do total, e os iPods, com apenas 3%. Como esperado, em termos de dispositivos móveis, os smartphones são a imensa maioria do mercado se comparados com os tablets, o que também acontece na plataforma da Apple.

Colocando de outra forma, podemos de dizer, de forma aproximada e baseada nos dados coletados, que para cada iPad existente no Brasil há 2,5 iPhones. Será interessante observar como essa proporção evoluirá com a introdução do iPhone 5 e do iPad mini no mercado brasileiro, a partir do final deste ano.

Vamos agora apresentar a distribuição dos dispositivos por modelos para cada tipo, isto é, para iPhone, iPad e iPod Touch. Abaixo temos o gráfico representativo dos modelos de iPhone.

Verificamos que o modelo de iPhone predominante ainda é o iPhone 4, seguido de perto do iPhone 4S. Isso se deve ao maior tempo disponível no mercado e ao barateamento do iPhone 4, a partir do lançamento do 4S. Vale notar que o modelo 3GS ainda tem uma presença significativa, representando também quase 10% do total de dispositivos iOS.

Por enquanto, o iPhone 5 ainda representa uma fatia muito reduzida no mercado brasileiro, o que seria de se esperar já que ele ainda não está disponível oficialmente no Brasil. Ao todo foram apenas 225 unidades do iPhone 5 que instalaram o iDivulga.

A próxima figura apresenta a distribuição de modelos entre os iPads:

O iPad 2 tem quase o dobro de unidades do que o iPad 3. É certo que o iPad 2, ainda à venda, tem mais tempo de disponibilidade no mercado do que o 3, mas acreditamos que o fator preço também pode ser fator preponderante para essa proporção, aliado ao fato de que muitos usuários podem estar aguardando por novas versões do iPad para avaliar o upgrade do dispositivo. Vamos observar como esse cenário será influenciado pelo recém lançamento do iPad 4 e iPad mini.

O iPad 1 permanece com boa representatividade, devendo ainda ser considerado pelos desenvolvedores em seus aplicativos.

Para concluir a análise por modelos, apresentamos acima a distribuição dos iPods Touch na figura 4, o que não carece de maiores esclarecimentos, já que a grande maioria consiste em iPods de 4ª geração, considerando que a 5ª geração ainda não foi lançada no mercado brasileiro.

Versões do iOS

Mudando o foco agora para as versões de iOS instaladas, apresentamos abaixo a distribuição correspondente, desconsiderando o tipo e modelo de dispositivo.

Como era de se esperar, a absoluta maioria dos dispositivos da plataforma Apple, no Brasil, já migraram para o iOS 6, acompanhando a tendência também registrada em outros países.

De qualquer forma, ainda temos um bom número de dispositivos rodando alguma versão do iOS 5. Os fatores para ainda existir um percentual de 32% pode também estar relacionado com limitações do hardware de alguns dispositivos ou, até mesmo, o uso do jailbreak.

A versão 4.3 do iOS já se mostra em declínio de uso, podendo ser até desconsiderada para novos projetos de aplicativos pelos desenvolvedores. Isso chega a ser positivo para os usuários, pois os desenvolvedores podem focar em recursos mais modernos disponíveis apenas nas versões mais novas do iOS.

Na figura seguinte, temos a distribuição das versões do iOS por tipos de dispositivo, considerando iPhones, iPads e iPods.

Observa-se que a maior adoção do iOS 6 se dá em iPhones, seguido pelos iPads e iPods. Acreditamos que isso acontece por conta de uma maior efetividade de utilização dos recursos disponíveis no iOS em iPhones. As versões 5.x do iOS seguem uma tendência inversa do iOS 6, enquanto que a versão 4.3, em todos os dispositivos, tem apenas uma participação residual.

Vamos agora analisar a distribuição do iOS por entre os modelos de cada dispositivo, a começar pelos iPhones:

Chama a atenção o fato de que quase 60% dos iPhones 3GS terem migrado para o iOS 6, apesar de ser um dispositivo lançado em 2009 e possuir algumas limitações de hardware. É de dar inveja a desenvolvedores de outras plataformas!

O iPhone 4 possui uma distribuição de versões do iOS bem parecida com a do 3GS, o que não deixa de ser outro fato relevante, se considerarmos as diferenças de hardware entre os modelos. Os demais modelos têm um comportamento esperado, já que o 4S foi lançado com iOS 5 e o iPhone 5 com o a versão 6.0.

Creditamos o fato de ainda haver um considerável número de iPhones 4 e 4S ainda rodando alguma versão do iOS 5 à utilização de jailbreak nesses aparelhos, o que deve estar evitando a migração para o iOS 6.

Agora é a vez de observamos como está o iOS nos iPads brasileiros.

É digna de nota a existência de cerca de 25% iPads 3 ainda com o iOS 5. Será o jailbreak de novo o culpado? O mesmo poderia ser dito do iPad 2?

Por fim, deixamos a análise dos dados dos iPods Touch para o próprio leitor:

Esperamos ter contribuído com a comunidade de desenvolvedores e usuários de iOS no Brasil. Fiquem à vontade para deixar comentários acerca dos dados apresentados ou, se preferirem, entrem em contato com a equipe do iDivulga através do e-mail idivulga2012@gmail.com.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: