TV no iPad e iPhone: app gratuito para assistir aos canais Globosat

Assistir no iPad a programação da TV a cabo brasileira, incluindo canais como GNT, Multishow, SporTV, Off, Viva, Gloob, Universal e outros associados à Globosat já é uma realidade.

Usando um app gratuito, os assinantes têm à disposição temporadas inteiras de seriados e programas, shows, atrações musicais, programas de entrevista, documentários e até alguns filmes.

O app em questão é o Muu, cujos comerciais nas próprias TVs por assinatura - ao menos na minha opinião - falham por informar pouco e tentar ser engraçadinhos sem conseguir, começando pelo próprio nome do serviço, que vem de "Muuito mais TV".

Resolvi testar o app mesmo assim, e percebi que os comerciais não fazem justiça ao potencial de entretenimento representado pelo serviço, que (após superar alguns pré-requisitos chatos) funciona suficientemente bem: é fácil navegar entre temas, canais, programas e episódios, as atualizações são contínuas, e até a possibilidade de fazer fast forward de algum episódio (frequentemente um problema em serviços via streaming) funciona.

Tem temporadas atuais de várias das séries da programação (alguns em HD) e temporadas anteriores também. Todos os programas que já assisti estavam disponíveis na íntegra, e sem intervalos comerciais. Em nenhum momento tive qualquer dificuldade de acesso, erros de transmissão ou similares.

Alguns dos programas disponíveis no momento em que escrevo são: Sessão de Terapia, Rolé, Bem Amigos, Marília Gabriela Entrevista, Sem Destino, GNT Fashion, Superbonita, Casa Bonita, Que Marravilha, Sem Asas, Zona de Impacto, Que Rock é Esse, entre muitos outros.

Para mim funcionou bem, e nas últimas 2 semanas eu assisti - graças ao app - a vários programas interessantes no iPad e no iPhone, em momentos em que o entretenimento era bem-vindo.

Mas o app tem seus problemas também, incluindo a necessidade que enfrento de ter que fazer um longo processo de login a cada vez que quero usá-lo (informando, via interface de toque, qual a minha operadora, cidade, um longo login e a senha correspondente), o encerramento da transmissão quando faço uma pausa de mais do que 1 minuto, obrigando a depois reabrir o mesmo programa e descobrir até que ponto já assisti, e eventuais travamentos e encerramentos enquanto navego pela interface (enquanto eu assistia aos programas, não vi travamento nenhum).

Vale destacar que o app é gratuito, mas a íntegra da sua programação só está disponível a quem já é assinante dos canais por assinatura, por meio das operadoras participantes. O processo de cadastramento de usuários, feito pelo site e no momento disponíveis aos assinantes da Net e da CTBC, é chatinho e um pouco demorado também, mas como ocorre apenas uma vez, não é algo que chega a comprometer.

O resumo: o marketing do Muu não me agrada, mas o aplicativo cumpre sua função suficientemente bem desde já, e será ainda melhor se resolver aplainar as arestas hoje bastante evidentes. Embora com ressalvas, recomendo.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: