Trickster: mais produtividade no Mac com acesso rápido a seus arquivos recentes

O Trickster, cujo ícone é uma cartola de mágico, desempenha muito bem o seu truque da produtividade: colocar na ponta dos dedos a lista dos arquivos usados mais recentemente, de forma organizada e com filtros personalizáveis.

Boa parte de nós abre mais de uma vez os mesmos arquivos ao longo dos dias, volta aos mesmos aplicativos ou documentos e... de vez em quando esquece onde eles estão, ou o nome deles.

E é nisso que o Trickster ajuda: quando esquecemos, ele lembra. E mesmo quando não esquecemos, ele oferece acesso rápido (no meu caso, configurei para bastar pressionar Control+X) à lista de arquivos recentes, para você reabri-los, arrastá-los, inspecioná-los, etc.

A interface inicial do Trickster é a que você vê na imagem acima, destacando os arquivos que abri recentemente. Mas note que à esquerda há uma série de 10 botões: eles servem para alternar entre várias outras listas, conforme a sua demanda: apps mais recentemente usadas, arquivos de áudio, de imagem, documentos, etc.

Essas listas são filtros, e você pode editá-los ou alterá-los como desejar, para que pesquise apenas em determinadas pastas, exclua outras, se restrinja a determinados tipos ou extensões de arquivos, etc.

Outro recurso interessante são as flags: você pode sinalizar com uma bandeirinha qualquer arquivo na interface do Trickster, e um dos filtros da coluna lateral serve para mostrar apenas os arquivos marcados com ela – útil para deixar marcados os arquivos que sabemos que vamos voltar a usar em breve, por exemplo.

Para cada arquivo está disponível também um menu de ações, incluindo "as de sempre" e algumas outras bem interessantes, como copiar o caminho completo do arquivo para a clipboard.

A interface do Trickster é ligeiramente configurável: dá para escolher listar os arquivos em ordem cronológica ou alfabética, tornar a lista mais compacta ou mais detalhada, e mais alguns aspectos.

Mas no meu caso a configuração default acabou sendo a escolhida, e tenho usado o Trickster várias vezes por hora, todos os dias, como complemento às funcionalidades do Alfred e do Dropzone, especialmente.

Assim como no caso do Alfred e do Dropzone, percebo no Trickster uma maneira mais ágil (ao menos para o meu caso de uso) e integrada de ter acesso a recursos que são disponibilizados pelo próprio sistema operacional – como no caso dessa busca de arquivos recentes via Spotlight, ou mesmo de lançadores similares que podem ser ativados na Dock sem configurar nada, ou do menu "Abrir recentes" de vários apps.

Para mim mais do que valeu o preço da versão completa, mas você pode verificar se ele se adequa ao seu estilo de uso por meio do download gratuito no site do Trickster.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: