Apps essenciais para Mac: o listão do Lifehacker, edição 2013

O listão anual do Lifehacker inclui apps nas categorias Produtividade, Internet, Multimídia e Utilitários, gratuitos e pagos, e em vários casos listando também alternativas para realizar a mesma tarefa.

Para mim trata-se, todos os anos, de um exercício de "gosto não se discute", já que para várias das aplicações eu tenho preferências diferentes, e algumas das selecionadas por eles eu não recomendaria.

Mesmo assim, no cômputo geral é uma boa lista, e a seguir eu reproduzo alguns dos pontos em comum entre o pensamento do Lifehacker e o do BR-Mac, para que você também possa discordar de mim ツ

Produtividade

  • Lançador: eu prefiro o Alfred, que o Lifehacker incluiu em 2º lugar, atrás do clássico Quicksilver.
  • Evernote: o campeão das anotações, referências e registros.
  • Expansão de texto: eles preferem o econômico aText, eu acredito que o TextExpander vale cada centavo.
  • Dropzone, para agilizar o acesso a apps e serviços essenciais do seu fluxo de trabalho

Internet e comunicações

  • Chrome, preferido pelo Lifehacker inclusive pela sincronização com o iOS, o que para mim é surpreendente
  • Sparrow, e os editores observam que apesar de o desenvolvimento ter sido descontinuado há um bom tempo, com a aquisição pelo Google, ele permanece sendo o melhor
  • Adium, para bater papo no MSN, Gtalk, Yahoo, Facebook Chat e mais
  • Skype, para conversa com vídeo, mas oferecendo o Google+ Hangouts como alternativa
  • Reeder e NetNewsWire, para os feeds
  • Textastic como editor de texto avançado, inclusive por ser barato. Prefiro o gratuito e poderoso TextWrangler.

Multimídia

Utilitários

  • Dropbox, para sincronizar e compartilhar arquivos
  • µTorrent e Transmission, para os torrents
  • Skitch, para capturar e anotar telas (prefiro o Acorn)
  • Crashplan, para backups remotos. Eu uso e recomendo o Backblaze
  • Unarchiver, para descompactar

Os comentários dos leitores no artigo do Lifehacker acrescentam várias outras opções interessantes, confira!

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: