RackMac mini: acessório coloca 2 Mac minis em um rack padrão, preservando acesso a botões e portas

Se o seu estúdio, data center ou sala de equipamentos têm maturidade suficiente para organizar em racks os aparelhos, o RackMac mini pode ser a opção para incluir os Macs.

Eu ainda não cheguei no estágio de precisar de um rack, em casa ou no escritório, para centralizar os equipamentos, e não imagino que chegarei a isso algum dia por interesse profissional pessoal, porque para mim geralmente fará mais sentido sediar servidores em um provedor de hospedagem – inclusive devido ao alto investimento que seria necessário.

Como o administrador de redes que já fui, entretanto, aprendi a valorizar os racks padronizados como uma grande solução para posicionar, organizar e manter acessíveis os equipamentos, em condições ao mesmo tempo controladas e flexíveis.

Tipicamente os racks têm 19 polegadas de largura útil, e os equipamentos projetados para inclusão neles têm alturas medidas na unidade U, em que 1U corresponde a 1,75 polegadas, ou 44,45mm.

E não é porque eu acredito que nunca terei um rack em casa para armazenar o videogame, o servidor, o roteador e o media center1 que deixo de me interessar por acompanhar o que há de interessante neste mercado.

E é o caso do RackMac mini, da Sonnet: uma bandeja projetada para permitir montar 1 ou 2 Mac mini em um rack padrão, ocupando 1U, incluindo uma tampa para mantê-los firmemente posicionados2, dutos unidirecionais para a ventilação, e posicionamento especial para os cabos.

O painel frontal é especialmente projetado para as dimensões atuais do Mac mini, permitindo o uso do receptor infravermelho3, de um botão liga-desliga, do led indicador de funcionamento, de uma porta USB "desviada" via cabo da parte traseira do mini, e acesso fácil aos conectores traseiros.

O painel dianteiro inclui ainda uma ranhura para os modelos antigos de mini que já contavam com as dimensões atuais mas ainda traziam drive de DVD, e a Sonnet oferece um acessório para a inclusão de um SuperDrive USB, se você desejar.

Para mim parece muito mais um acessório bastante útil para um estúdio ou uma pequena quantidade de equipamentos, do que para um data center, mas o meu interesse em aderir domesticamente aos racks padrão se amplia quando vejo recursos assim. Pena que é tão caro... Mas ao menos a Sonnet tem representantes no Brasil.

Leia também: Que beleza: 160 servidores Mac mini em um rack.

 
  1.  Mas um dia ainda projetarei um móvel para a sala que inclua um mini-rack completo, com porta de vidro fosco que permita identificar os leds, alimentação elétrica e ventilação controladas, e fácil acesso aos dutos de cabeamento...

  2.  Útil especialmente em racks móveis.

  3.  Para o uso do controle remoto, estilo Apple TV, que já existia no mini bem antes ツ

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: