iPad mais barato no Brasil com apoio do governo?

Não consigo ver o iPad como o "tablet popular" que o governo federal anda falando em emplacar, e a Apple, discreta, se recusou a comentar sobre a visita.

Mas a notícia do dia é que a a vice-presidente de relações governamentais da Apple, Catherine Noveli, esteve em Brasília ontem (2/2) para uma reunião com o ministro das Comunicações sobre a redução de impostos dos tablets no Brasil.

A ideia do governo é caracterizar os tablets como computadores aos quais se apliquem as mesmas isenções de tributos do programa Computador para Todos, e o alvo é um tablet produzido no país que possa ser vendido a R$ 500, em prestações.

Acredito que todo acesso a dispositivos que possam promover a inclusão digital é positivo e merece ser incentivado pelo governo. Mas isenção de impostos sobre um iPad produzido no Brasil, baixando seu preço de venda ao consumidor até R$ 500, é algo que prefiro aguardar para ver acontecer (será?) antes de opinar...

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: