Recuperar as fotos de um iPhone roubado ou perdido é fácil com o Picturescue

Recuperar as fotos de um iPhone roubado ou perdido pode ser bem simples, e a mesma solução se aplica ao iPad e até ao iPod Touch.

Pior que perder um iPhone, seja em um acidente ou um furto, pode ser perder os dados que estavam nele, incluindo a coleção de fotos.

Existem várias soluções possíveis, mas mesmo se você não tivesse cópias das fotos em outro lugar, se você tinha o hábito de sincronizar o iPhone com o seu Mac (altamente recomendável, mesmo que como complemento esparso aos backups feitos no iCloud), uma das alternativas menos trabalhosas pode ser simplesmente recuperar as fotos armazenadas pelo iTunes durante as sincronizações e backups.

Uma forma simples de recuperar as fotos dos backups armazenados é pelo app Picturescue, que mostra em uma janela estilo Finder todos os backups de todos os dispositivos iOS que já passaram pelo seu iTunes e não foram removidos, e permite que você visualize as fotos que constem neles.

Mesmo que o seu iPhone perdido estivesse configurado para fazer o backup via iCloud (e não via conexão USB ao Mac com o iTunes), é possível que você tenha backups antigos, ou backups realizados no momento de atualizações do sistema operacional feitas com o aparelho conectado ao computador.

Na imagem acima você vê as fotos que o Picturescue rapidamente encontrou em um backup antigo de um dos iPads que já passaram pelo meu computador para testes ou análises.

Tem um porém: o download da versão que permite navegar nos seus backups e ver quais as fotos que estão acessíveis neles, mas a versão full, que permite de fato extrair as fotos do backup e transferi-las para onde você desejar, custa US$ 9,99 no site do desenvolvedor do Picturescue.

Se você preferir uma alternativa gratuita, o mesmo autor do Picturescue também fez o iPhone/iPod Touch Backup Extractor, que vem acompanhado de instruções que os mais tecnicamente inclinados e aptos provavelmente serão capazes de seguir sem maiores problemas.

E se você deseja fazer o mesmo procedimento no iTunes do Windows, ou mesmo no Linux usando um arquivo de backup obtido do iTunes, também existem alternativas que parecem suficientemente fáceis de usar, como o iPhone Backup Extractor – mas este eu nunca testei.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: