Mountain Lion: como criar um pen drive de instalação do OS X

Criar seu disco de instalação do OS X para atualizar um Mac é mais simples do que pode parecer.

Desde a versão anterior do OS X, a opção preferencial da Apple é que você compre e instale o sistema operacional a partir da Mac App Store (onde no momento sai por menos de US$ 20).

Discos oficiais de instalação saíram pela última vez na época do Snow Leopard, lançado em 2009 – e para o Mountain Lion a empresa diz que não irá oferecer nem mesmo a alternativa dos (caros) pen drives oficiais de instalação que estavam disponíveis no Lion: para ela, ou você compra um Mac com o sistema já instalado, ou compra o Mountain Lion uma vez na Mac App Store e faz o download em cada um dos seus Macs.

Mas fazer um download tão grande uma vez já pode ser complicado em determinadas conexões; fazê-lo uma vez em cada Mac, para quem administra muitos, certamente é ineficiente e pode beirar a insanidade.

Mas, ainda que sem a chancela oficial da Apple, existe uma alternativa relativamente simples: criar um pen drive de instalação do OS X Mountain Lion, que pode ser usado em outros Macs compatíveis, ou mesmo para reinstalações posteriores do mesmo Mac.

Depois, com o pen drive de instalação em mãos, basta plugá-lo a um Mac compatível e ligá-lo mantendo pressionada a tecla Option (ou Alt) até aparecer o menu de seleção de boot, prosseguindo então de acordo com as instruções da Apple ou as opções da tela para instalação ou manutenção (não esqueça de fazer um bom backup antes!).

Criando seu disco de instalação do Mountain Lion

Criar sua mídia de instalação é relativamente simples (embora o pen drive não tenha forma circular, perdoem-me por continuar chamando-o de disco ツ)

Existe um detalhado procedimento manual realizado com ajuda do Utilitário de Disco , bastante similar às instruções em português que publiquei logo após ao lançamento do Lion.

Mas a complicação se tornou desnecessária graças à existência do Lion DiskMaker, utilitário que – apesar do nome – automatiza a criação de DVDs (não recomendado: instalar a partir de um DVD é extremamente lento) e pen drives de instalação do Mountain Lion.

Para rodá-lo você precisa de um pen drive de 8GB que possa ser integralmente apagado, e de ter feito o download do OS X Mountain Lion mas ainda não completado sua instalação (se você já instalou, pode solicitar novo download gratuito na aba 'Purchased' da Mac App Store), porque é a partir do instalador oficial que este utilitário obtém os arquivos que residirão no pen drive, e eles são removidos automaticamente quando a instalação se completa.

No meu caso, foi necessário um passo a mais. Por alguma razão (imagino que devido ao idioma) o utilitário não encontrou minha cópia oficial do instalador, e eu tive que ajudá-lo, mostrando onde estava o arquivo que ele precisa: o InstallESD.dmg que está em /Applications/Install OS X Mountain Lion.app/Contents/SharedSupport/ (ou, no meu caso, uma cópia dele que eu tinha feito previamente por saber que seria útil e que o instalador oficial o destruiria).

A sequência de passos básica após a execução do Lion DiskMaker você vê a seguir:

1. Confirmo que quero instalar o Mountain Lion, e não o Lion
 

2. Ao receber o aviso acima, de que o arquivo do instalador não foi localizado, confirmo que quero selecioná-lo, e indico onde está.

3. Confirmo que quero criar um "boot disk" (que é o pen drive), e não um DVD.
 

4. Confirmo que a criação será em um pen drive de 8GB (que a esta altura já está plugado)

5. Seleciono em qual pen drive deverá ocorrer a gravação, e confirmo ter entendido que tudo o que está nele será apagado.

6. Aguardo cerca de 10 minutos enquanto o pen drive é preparado e os cerca de 5GB de arquivos são copiados.
 

7. Ao final, satisfeito com o resultado, clico no botão correspondente e faço de bom grado uma doação opcional ao autor do utilitário que cumpriu uma função anteriormente trabalhosa mas potencialmente muito valiosa para mim!

Repetindo: para dar boot com o pen drive, ligue o Mac com ele conectado à porta USB e mantenha a tecla Option (ou alt) pressionada até aparecer o menu de opções. A partir daí é só escolher as alternativas seguindo a documentação da Apple.

Vale lembrar que instalar ou atualizar sistema operacional com procedimento alternativo é uma intervenção profunda na máquina, não deve ser realizado sem considerações prévias sobre a disponibilidade de sistemas ou ambientes de produção, e jamais sem um backup adequado.

Veja também: Apple lança ferramenta para criar pen drive de recuperação do Lion (mas note que este é de recuperação, e não de instalação)

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: