Barra de tarefas: criando um ícone de aplicativos recentes na Dock

A Dock, barra de ícones, tarefas e pastas normalmente localizada na base do principal monitor do Mac, é um dos elementos mais visíveis da interação com o Mac OS X.

Mas, como já vimos no post anterior que ensinava como organizar a Dock usando separadores, há várias formas de aproveitar melhor a Dock fazendo uso de recursos que o Mac OS X esconde, ou seja, não oferece em suas opções de configuração exibidas nas interfaces gráficas.

Nosso exemplo de hoje é uma dica já bastante conhecida dos usuários avançados, e que faz muita diferença na praticidade de uso do desktop: a criação de um ícone adicional na Dock que sempre dá acesso aos 10 aplicativos mais recentemente acessados.

Criando o ícone de aplicativos recentes

Os projetistas do Mac OS X deram à Dock este recurso, para permitir que os aplicativos mais usados fiquem sempre conventientemente acessíveis na hora de usá-los novamente.

Só que na hora de projetar a interface com o usuário, o acesso a esse recurso ficou de fora, e aí a deste acesso na Dock precisa ser comandada a partir do Terminal. Felizmente basta copiar e colar o comando a seguir, em uma linha:

defaults write com.apple.dock persistent-others -array-add '{ "tile-data" = { "list-type" = 1; }; "tile-type" = "recents-tile"; }'

O efeito do comando não é visível imediatamente: para tornar visível o novo ícone criado, é necessário reiniciar a Dock. Existem várias maneiras de fazer isso (a mais radical talvez seja um reboot), mas já que você está com o Terminal aberto, digite o comando abaixo para forçar a reinicialização apenas deste componente:

killall Dock

Não se assuste: todas as janelas minimizadas se abrirão, e a Dock sumirá por alguns segundos.

Quando a Dock retornar, o novo grupo terá sido criado (na forma de uma pilha de ícones de suas aplicações), e já poderá ser usado imediatamente, pois o Mac lembra quais foram seus últimos 10 aplicativos executados: clique nele e você verá algo similar à imagem acima.

Passos complementares

Depois de criado o acesso aos itens recentes, você poderá configurá-los. Dê um Control+Click (ou click com o botão direito do mouse) no ícone dele na Dock, e você verá o menu abaixo:

Note que esta pilha de itens recentes é versátil: você pode optar se quer que ela mostre os aplicativos recentes (que é a opção default), os documentos recentes, e mais. Também pode escolher várias opções de visualização (incluindo as duas que ilustram este post), da mesma forma como pode fazer na pilha de Aplicativos e de Downloads que devem ter vindo como default no seu Mac!

Leia também: Barra de tarefas: organizando a Dock com separadores de ícones.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: