Como rodar Windows no Mac?

A leitora Luanna T. enviou por e-mail uma dúvida que recebo quase todas as semanas, a ponto de merecer uma resposta aqui no site para a qual eu possa simplesmente apontar um link quando alguém perguntar de novo. Ela escreve:

(...) minha dúvida é: posso instalar o Windows no meu MacBook? Comprei um MacBook Air em fevereiro, gosto do OS X e até já fiz o upgrade pro Lion, mas tenho 2 programas internos da minha empresa que só existem para Windows, o que me faz ter de ligar o velho desktop quase todos os dias. Não me incomodo de comprar uma licença adicional do Windows, mas não sei se existe um jeito de instalar, e sem perder o Mac OS X que já está lá.

Olá, Luanna. Existe sim, e não é algo que você precise justificar - assim como colocar engate para reboque em uma Ferrari ou misturar guaraná no Johnnie Walker Black Label, sempre haverá quem queira fazer, e quem não consiga entender ツ

Há até várias maneiras, mas uma delas já vem embutida no seu OS X: é o Boot Camp, um assistente de instalação e gerenciador de boot que permite ter o Windows instalado no mesmo disco que o OS X.

A versão que vem com o Lion suporta oficialmente só o Windows 7, mas versões anteriores suportaram também o Vista e o XP. Usuários empreendedores também já usaram o sistema para instalar Linux no Mac, e não é difícil encontrar na web os relatos e instruções publicados por eles.

Para instalar o Windows no MacBook Air que você comprou em fevereiro e já está com o Lion, usando o BootCamp, você vai precisar ter a versão completa do Windows 7 Home Premium, Professional ou Ultimate.

Imagino que o seu Air seja modelo 2010, e por isso acredito que você precisará usar a edição do Windows em 32 bits. Alguns outros modelos de Macs suportam também o Windows de 64 bits, e a Apple tem uma página explicando qual versão do Windows é compatível com os Macs - incluindo MacBooks, MacBooks Pro, MacBooks Air, iMacs, Mac Minis, e até o Mac Pro.

Assim como a instalação do engate de reboque em uma Ferrari, este é um procedimento que pessoalmente espero nunca ter motivo para fazer, portanto não posso oferecer minhas próprias dicas, mas você encontra o Assistente do Boot Camp na sua pasta Utilitários (dentro de Aplicativos), e a Apple tem seu próprio Guia de Instalação e Configuração, em português, para lhe ajudar. Não prossiga sem ler!

Virtualizando o Windows

O Boot Camp vem com o OS X mas não é a única opção, entretanto: além de simplesmente dar um boot pelo Windows diretamente no seu Mac, você pode recorrer à virtualização, caso no qual o Windows roda em paralelo, ou "por cima" do OS X, sem reboots entre eles.

Há pelo menos 3 boas opções que você pode investigar para rodar o Windows no seu Mac recorrendo à virtualização: o Parallels Desktop, o VMware Fusion e o VirtualBox, sendo que o terceiro é open source.

Virtualizar é a minha opção preferida para quando preciso rodar um sistema operacional extra para dar suporte eventual a algum aplicativo, e recomendo que você dê uma olhada nas opções disponíveis, inclusive porque elas suportam mais versões de Windows do que o Boot Camp, além de também permitir rodar outros sistemas operacionais, cada um em sua janelinha do OS X.

Só pesquisando você vai conhecer os diferenciais, mas aqui vão algumas palavras sobre cada uma das alternativas mencionadas:

  • O Parallels Desktop afirma ser a solução mais vendida para rodar aplicativos do Windows no Mac, e também permite rodar Linux. Os relatos que tenho visto entre usuários conhecidos são positivos, mas fique atenta: a versão 7 do Parallels está agendada para sair no dia 6 de setembro de 2011 (amanhã!), então não compre hoje ツ
  • O VMWare Fusion também permite rodar sistemas operacionais variados (inclusive o Windows, claro) em paralelo com o OS X, e a versão atual tem alguns probleminhas com o Lion. Ao contrário do que ocorre com o Parallels, não tenho conhecimento de que uma nova versão esteja prestes a sair.
  • O VirtualBox, da Oracle, é open source e disponível gratuitamente. Ele também permite rodar múltiplos sistemas operacionais (inclusive o Windows) no Mac, e é a única alternativa com a qual tenho experiência pessoal. Ele me agrada, mas ainda não cheguei a testar no Lion (nem nunca testei rodando Windows no Mac).

Há outras alternativas, como Wine, WineBottle, CrossOver e mais. Recomendei as que já ouvi comentários positivos a respeito, e acredito que um pouco de pesquisa considerando os seus próprios requisitos facilitará a escolha.

Lembre-se que, seja virtualizado ou via Boot Camp, ambos os sistemas (OS X e Windows) têm seus requisitos de disponibilidade de recursos, incluindo espaço em disco. No caso da virtualização, alguns dos requisitos precisam ser somados: a memória, por exemplo, passa a precisar dar conta dos 2 sistemas simultaneamente.

Isso provavelmente não causará desconforto em um Mac com 4GB de RAM, mas talvez gere sensação de claustrofobia se o Lion e o Windows 7 precisarem coexistir via virtualização em um Mac de 2GB de RAM. ツ

Leia também: Como compartilhar DVDs e CDs com seu MacBook Air ou Mac Mini.

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: