Minhas previsões para o keynote de hoje

Hoje é dia de keynote do WWDC, a abertura da conferência anual da Apple voltada aos desenvolvedores, e na qual usualmente são anunciados lançamentos na área de software e de produtos que não mereçam um evento exclusivo para o seu lançamento.

Para definir suas expectativas, lembre-se que lançamento e disponibilização são oportunidades diferentes, e não é incomum ver anúncios dos recursos da próxima versão do iOS feitos no WWDC várias semanas antes da data prevista para a disponibilização, mas a tempo de os desenvolvedores criarem apps que tirem proveito deles.

Rumores abundam como de hábito, e hoje não vou dar grande atenção a eles, mas fazer minhas próprias previsões para os anúncios do evento:

  1. O tal iRadio, seja lá qual for seu nome, que seria um serviço de streaming para o qual a Apple já teria conseguido contratar a Sony Music, Warner Music e Universal Music, não estará disponível no Brasil no lançamento.
  2. Não haverá falta de brasileiros apontando nisso o sinal de uma perseguição da Apple especificamente com o Brasil, não importando em quantos outros países o serviço não vá estar disponível imediatamente.
  3. Assim que o evento acabar, determinados setores da imprensa e ~blogosfera~ (sempre os mesmos) afirmarão, não importando o que tiver sido anunciado, que é a prova de que a Apple ficou para trás, não inova e perdeu sua mágica.
  4. Assim que o evento acabar, determinados setores da imprensa e ~blogosfera~ (sempre os mesmos) afirmarão, não importando o que tiver sido anunciado, que é a prova de que a Apple continua liderando, inova permanentemente e a cada dia reforça sua mágica.

Quantos será que eu acerto?

Comentar

Comentários arquivados

Artigos recentes: